Galeria

Geografia em Cordel no Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e Inovação

Como foi publicado no Blog anteriormente, ocorreu, em Junho, o Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e Inovação, em Recife, PE.  Como faz parte de nosso interesse de pesquisa, estivemos lá para conferir, e agora apresentamos nossas primeiras impressões sobre o evento.

De maneira geral, o evento foi muito bem organizado pelo GRITT (Grupo de Pesquisa em Inovação, Tecnologia e Território), no qual estavam presentes professores, pesquisadores e alunos de diversas áreas, como da farmácia, da engenharia, inclusive (e sobretudo) da Geografia.

Inovação logo no primeiro dia

A inovação já começou nas inscrições na parte da tarde, quanto os participantes receberam o famoso “kit-simpósio”, presente na maioria dos eventos do gênero, com a credencial, o programa do evento etc.. A inovação, neste caso, aconteceu logo na sacola que abrigava o “kit”, a qual consistia em um colorido tecido (chita), ressaltando o desenvolvimento local. Dentro da sacola, uma caneca de metal contribuía para a redução do uso de copos plásticos ao longo evento.

A principal inovação na abertura do evento, foi a declamação de um cordel muito geográfico, intitulado “Cordel do SIGCI”, feita por seu autor, Alexandre Costa (Areia), a qual segue abaixo:

Cordel do SIGCI

 
Desde o início foi assim
Descobrir é esperteza
É coisa de outro Mundo
É Desafio e Grandeza
Ou é Bicho de Sete Cabeça
Transformando tudo em Riqueza
Seria tudo Quadrado
Qual o limite do mar
Era coisa Proibida
Ninguém podia falar
Será que tudo termina Aqui
O que [e que tem Aculá
O Desafio virou Blasfêmia
Quem falou foi Convocado
A Desdizer o que disse
Na praça foi Ameaçado
Forçado a dizer que não
Ou seria Queimado
Isso é coisa de Maluco
Não tem nada Redondo
A afirmação não era Fato
Latitude e longitude
É coisa de mal Amado
Os Gregos Navegaram
Pra descobrir o além
O Desenho Chamou de Cartografia
Descrever tudo que vem
Do céu da Terra e do Mar
A Geografia é para o Bem
Estrabão não se Conformou
Investiu no que não viu
No outro lado foi procurar
A dúvida que surgiu
Nas viagens além mar
E o Estudo concluiu
E quando se dizia que não!
A Pesquisa continuava
Desafiando Geração
E o mundo acompanhava
A cada nova tecnologia
O estudo avançava
De lá pra cá
Tudo se descobria
Rosa dos Ventos no Ar
O conhecimento corria
Lunetas e Telescópio
Desenvolveu a Topografia
Satélites para ajudar
As áreas que não se via
Transformando a imaginação
Pra tudo que se fazia
Estudos e pesquisas
Práticas e Teorias
Do Baixo falante ao Rádio
Tudo feito pra ajudar
Norte ou sul Câmbio!
Onde você estar
Grau minuto e segundos
A Geografia vai lhe Localizar
Os Nossos Avôs diziam
Comunicar e Vê
Isso é coisa de doido
De quem não tem o que fazer
Tem uns malucos dizendo
Que inventaram a TV
E o Homem vai a Lua
Cálculo e Correria
Lá estão elas juntas
O que lá em cima teria?
Mais Segredos a Descrobri
História, Matemática e Geografia
O Braçal diminuiu
Com tanta Tecnologia
Mas tudo se transforma
Tudo se renova um Dia
Eu usei o Computador
Pra desvendar essa Trilha
A Geografia é desafio
Início de toda Jornada
A cada passo um Evento
É tecnologia avançada
Em uma divisão de Valores
É uma Matéria Apaixonada
E todos botam a mão na roda
Não tem como Evitar
Tudo está muito Rápido
Precisamos optar
Juntar conhecimentos
Ter um novo olhar
Impossível Separar
Seguimentos Pedagógicos
Estão entrelaçados
O espaço é mesmo Mágico
É ciências Exatas
Do Brasil até o Ártico
Como dizia o Poeta
O tempo não Para
E tudo se Renova
Pra fica tudo Odara
Como uma Anunciação
A Geografia é clara
A cada segundo que passa
Tem Sangue novo na história
A sigla é GRITT
Um Grito uma Vitória
Entre Conflitos e Poderes
A Geografia se Inova
Em pouco tempo
Um grande Salto
Pra tudo se Juntar
Não foi fácil isso é Fato
O Começo desse ato foi em 2004.
Juntando conhecimentos
Mapeando aos olhos de Verônica
Fármaco vem desenvolvendo
Pesquisas, Naturais e Genéticas
Separando o Remédio do Veneno
Na evolução Terapêutica
Se no princípio era o Verbo
Depois a escuridão e a Luz
A Humanidade veio desvendar
O segredo que Conduz
A divisão de tudo que Há
Tem princípio que Reluz
Aqui estamos no mesmo Território
Assistindo tudo de Pé
A cidade sempre em Desenvolvimento
Como as Plantas de um Igarapé
O Território tá ficando Pequeno
Estamos falando da UFPE.
 
Alexandre Costa (Areia)
(http://www.rodadefogoencantada.blogspot.com/)
 

Interessante notar que não se trata de um cordel “comum”, mas sim um cordel carregado de categorias geográficas, desde a história da Geografia até a organização do Evento.

Somente com essa rápida impressão dá para se ter uma ideia de quão interessante foi o evento, envolvendo diversas áreas do conhecimento, muito próximas da Educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s